Atuação Lírica

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Acendedor de lampiões


Sou como um acendedor de lampiões;
Toda noite, no mesmo horário, estou lá.
Minha presença se faz necessária para iluminar teu ser.
Ponho fogo, acendendo a chama do amor...
Você é a lamparina, impõe limites na combustão;
Eu sou o fogo, responsável pela combustão.
Nossa união é harmônica, um sempre depende do outro
E juntos, a cada noite, estamos presentes por toda a eternidade...
Iluminando e sendo iluminados pelo o amor.






Luiz Gonzaga

0 comentários:

Postar um comentário