Atuação Lírica

sábado, 20 de abril de 2013

Preciosa


A alvorada impõe-se no celeste azul em meio às alegres manhãs.
Impreterivelmente, a vida solta seu hálito diariamente sobre a campina...
Dia após dia enfeitando e criando laços de paixão em cada sorriso da mulher amada
Em cada estação, quero estar aflorado pelas notas marcantes de seu amor, doce menina...
Aquarelizando-se em traços, formas de fascinação. Aroma de peras, uvas, maçãs.
Sob gracejos teus, versejo sobre encantos, amores e fascínios seus, pois és doce menina!
Em teu seio palpitam emoções, doces lembranças, resplandecidos pelo reflexo da opala que de seus olhos iluminam as alegres e doces manhãs da minha vida na chapada do horizonte ocaso.
Ao som da harmônica valsa melodiosa, com gestos de ternura e afeto,
Te convido a conviver ao som da dança,
O ato de se apaixonar no mais simples gesto:
O ato de ser eternos namorados...

Luiz Gonzaga



0 comentários:

Postar um comentário